Seguidores

26 de setembro de 2006

Identidade

Numa antiga escola à porta da aldeia de Campo Benfeito, estas mulheres rodeadas de teares, linho e burel criam peças únicas e singulares, conhecidas e vendidas em todo o país.
Peças delicadas como só o linho pode ser e robustas como só o burel se pode sentir!
A Cooperativa Capuchinhas CRL dedica –se a manter viva a arte tradicional de tecer no tear o linho e o burel. Dia após dia têm nas suas mãos a responsabilidade de criar roupa original, elegante, sofisticada e acima de tudo com a identidade do meio que as envolve: a serra, os sonhos, o cheiro e as cores.
Todas as peças de vestuário são originais, desenhadas exclusivamente para as Capuchinhas pela estilista Paula Caria.

25 de setembro de 2006

Henriqueta

Posted by Picasa
Casada, mãe de dois filhos, a Rita e o André, com 42 anos de idade foi uma impulsionadora na fundação em 1987 da cooperativa Capuchinhas. Hoje para além de conceber nas suas mãos peças de vestuário exclusivas da cooperativa, organiza o trabalho de administração e contabilidade da companhia e co – responsável pelo atendimento ao público quer no atelier quer em feiras de artesanato. Gosta do que faz e quanto de nós nos podemos sentir assim tão bem profissionalmente e ainda poder trabalhar na nossa terra? A Henriqueta pode.

Isabel

Posted by Picasa
30 anos de idade, a benjamim do grupo que aprendeu a arte de tecer com a ajuda e entusiasmo de colegas. Labuta de sol a sol na cooperativa há já 12 anos, concebendo a cada ano peças e colecções novas e originais, provocadoras e tentadoras.
Responsável por fazer as madeiras e linhas do seu tear criarem tecidos únicos, bordados, lisos, simples e coloridos. É co – responsável pelo atendimento ao público quer no atelier quer em feiras de artesanato. Fica nesta jovem artesã a certeza da mais valia de não sair da terra e conseguir ser profissionalmente bem sucedida.

Engrácia

Posted by Picasa38 anos de idade e 16 anos a tecer e a fazer malhas em tricôt. Aprendizagem esta das mãos de uma antiga tecedeira daqui da aldeia.
Criar novas colecções, sempre singulares e conseguidas em trabalho de grupo são uma mais valia na azáfama da vida desta artesã.
O atendimento ao público quer em feiras de artesanato quer na “escola” das Capuchinhas são um ponto relevante no trabalho desta artesã, sendo que o público reconhece imediatamente e instintivamente o trabalho da cooperativa.

Ester

Posted by Picasa
39 anos, casada e mãe de dois filhos, o Miguel e o Pedro Jorge, trabalha na cooperativa desde que esta deu os seus primeiros passos em 1987. Começou por frequentar um Curso de Corte e Costura e hoje a máquina de costura não tem segredos para esta costureira de mão cheia.
É também juntamente com o resto do grupo responsável pela criatividade imposta a cada peça e exerce também as suas funções no atendimento ao público. O cliente é soberano, critica e aplaude, a sua voz ajuda as artesãs a sentirem –se mais profissionais e empenhadas no trabalho que desenvolvem a cada dia que passa.

Materiais de Trabalho




 Posted by Picasa

A camisa de linho

a tradição da camisa de linho já vem de há muitos anos atrás. esta peça continua a fazer parte do espólio da cooperativa.


Cortinados de Linho



(pormenor)
Posted by Picasa

22 de setembro de 2006

D. Ofélia

A mestre do Tear, bateu muito linho com os filhos de volta ou no regaço, no atelier das Capuchinhas vê por lá correr os netos e talhar cortes novos, "modernos"... a vida passa cuidada entre os seu dedos como fios meticulosamente alinhados. Posted by Picasa

Localização

Posted by Picasa

Contactos

Capuchinhas, CRL
Campo Benfeito
3600- 371 Gosende - Castro Daire

Telf./Fax: 254 689 160

capuchinhas@gmail.com