Seguidores

25 de setembro de 2006

Ester

Posted by Picasa
39 anos, casada e mãe de dois filhos, o Miguel e o Pedro Jorge, trabalha na cooperativa desde que esta deu os seus primeiros passos em 1987. Começou por frequentar um Curso de Corte e Costura e hoje a máquina de costura não tem segredos para esta costureira de mão cheia.
É também juntamente com o resto do grupo responsável pela criatividade imposta a cada peça e exerce também as suas funções no atendimento ao público. O cliente é soberano, critica e aplaude, a sua voz ajuda as artesãs a sentirem –se mais profissionais e empenhadas no trabalho que desenvolvem a cada dia que passa.

2 comentários:

Mena disse...

ola Amiga, parabens pelo empanho que das ao teu trabalho. As tuas fotos estao lindas,continua assim.
Beijinho grande

Rosa Maria disse...

Foi com grande alegria que ao pesquisar, umas matérias na net,encontrei informação sobre as Capuchinhas de Montemuro.Quando estudava animação socioeducativa na ESEC foi-me pedido um trabalho sobre o projecto que deu origem ás Capuchinhas. Confesso que fiquei contente com o trabalho, pois o artesanato é algo que me faz vibrar, me conduz ás origens, á raiz dos povos.Para uma melhor análise do projeto nada como uma visita ao terreno. Numa segunda feira de Fevereiro de 2002, eu e uma colega de curso e do trabalho, saimos de Coimbra rumo a Campo Bemfeito. Não tenho palavras para descrever as maravilhas da Serra de Montemuro,as águas cristalinas a correr, despreocupadas,pelas ribeiras, saltitando de seixo em seixo. Nunca mais esquecerei a sensação de paz que encontrei naquele lugar. Chegadas a Campo Benfeito, á escola primária, a beleza não foi menor, de mãos singelas, cuidadosas, presisas, rigorosas, criativas, preciosas, sem preço, das mãos de gente que olhou a vida de frente podémos admirar a beleza das peças construidas pelas mãos que, para mim ,são tudo o que descrevi.
Fico contente por saber que o vosso trabalho continua, com qualidade e inovação.Como prometi no dia da minha visita, em trabalho, um dia voltarei. O vosso trabalho é excelente e todo o grupo merece todo o apoio que se possa dar. Parabéms.
De alguém que vos admira muito e que vive numa zona muio diferente, na Bairrada.